Mariuzinn

A cidade é sempre um tesão.
Sozinha.
Ela tem mania de andar sozinha pela cidade.
Por horas, sem emitir nenhum som.
Sai da última sessão de cinema, acende um cigarro (só porque o gesto combina), aspira o ar frio e úmido e segue. Seus passos ecoando no chão molhado da cidade.
E cada cidade é todas aquelas que conheceu, que preferiu.
Cada cidade é Rio, Porto Alegre, Asti. Cada cidade é Praga, e Quixeramobim.
As opções da cidade são um tesão.
Um suco tarde da noite. Maresia e frio num verão transviado.
A boite, a mesma de sempre. Sempre, a mesma. Pequena, infernal.
Sozinha.
E dança.
Entre todos. Com ninguém.
Ela não é castrada. Tem um enorme pau que se sacia agora de seu próprio corpo. Sinuoso, frenético.
Molhada, completa.
Ela é sempre um tesão.

Anúncios

Sobre mistakegirl

Vaca profana por princípio e vocação... la leche buena toda em mi garganta, la mala leche para los puretas... Ver todos os artigos de mistakegirl

2 respostas para “Mariuzinn

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: