Sacrifício

Não acredito que exista no mundo um único homem que realmente compreenda o poder destrutivo de uma mulher mal comida.

Mulheres há que, por opção, abdicaram de suas sexualidades. Vagam pelo mundo de modo quase inofensivo. Afeitas a mensagens edificantes em PPS e a roupas de liganete – constituindo-se este, o seu maior pecado contra a humanidade -, costumam dar exímias síndicas.

Mas ao contrário delas, há as que, apesar de terem uma vida sexualmente ativa, se deixam praticar por anos um sexo ruim e aviltante.

Esta é um perigo para si e para seus semelhantes.

Creio firmemente que a mulher mal comida está na coxia de todas as desgraças universais. Eminência parda da crueldade . Promotora dos mais esdrúxulos rumores. Patrona dos mais medonhos humores.

Uma alma envenenada. Um corpo ressequido. Uma epilética emocional.

A mulher mal comida é virada no catiço.

Atire a primeira pedra aquela que não foi por um dia, umas semanas, alguns meses, uns anos, uma encarnação, ou mesmo uma terrificante tarde, um exemplar macambúzio  e sorumbático desta mulher que, não obstante me mereça o temor, é também objeto de solidariedade e das minhas mais sinceras condolências.

Se você, nobre leitor, tivesse a menor desconfiança do potencial maléfico de um espírito feminino insatisfeito, corria a reivindicar que os governos provessem as populações com uma Reserva Nacional de Paus Competentes Para Emergências Sexuais Femininas de alta periculosidade.  O Fundo ReNPaCoPESF/AP,  que garantiria que esta quinta coluna da humanidade pudesse ter assegurado por lei o direito a arrefecer seu ímpeto demoníaco, fruto da mais pura fonte de raiva que se pode encontrar: aquela impingida por uma existência sexualmente enfadonha.

Se você, caro amigo, tivesse um vislumbre do que se passa na mente e no coração empedernido de uma mulher em tais vicissitudes, fazia-se inteiro amor e desejo, imolando-se a ela, a fim de evitar o ocaso de uma era.

Porque sim, a mulher mal comida é um átomo fissurado.

 

 

Anúncios

Sobre mistakegirl

Vaca profana por princípio e vocação... la leche buena toda em mi garganta, la mala leche para los puretas... Ver todos os artigos de mistakegirl

7 respostas para “Sacrifício

  • maria

    Caraleo Mistake… empedernido, vicissitudes e imolando-se na mesma frase?

    Tive que visitar o google, que inclusive está com uma animação fofa de dia das mães!

  • maria

    Fiquei imaginando que o pre-requisito para determinadas profissões, devia ser uma vida sexual pífia.

    Imagina uma síndica, de um daqueles condomínios gigantescos, bem comida, relax, com a cara de quem gozou gostoso logo pela manhã… não combina!

    Sem contar que, temo que não seria tão eficiente! É preciso ter, nesses casos, como em outros tantos, uma mulher mal comida para que as coisas funcionem.

    • mistakegirl

      Tá, vamos fazer assim, você me sugere palavras capazes de dizer melhor o que empedernido, vicissitudes e imolação, exprimem, e eu as substituo…

      Mas menina! Não seja injusta com as síndicas… eu não as reputei como mal comidas…. apenas como assexuadas…. guardo um afeto oculto pelas síndicas de liganete….

  • Juan

    ééé … o segredo é o cara que tem intimidade com buceta … esse é o cara!!!

  • Bem Resolvida

    Ahhh quando sou mal comida fico num humor daqueles!!!

  • Melina

    Assino embaixo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: