A seta e o alvo.

Um dia desses, conversava com uns e outros. Assunto de meu perene interesse. As diferenças do tesão entre homens e mulheres.

Quanto a mim, há sinais inequívocos de que eu tô facinha: sinto o corpo mais quente, especialmente a pélvis e extremidades; minhas pernas viram geléia; começo a pensar lentamente e tenho dificuldade de fazer conexões. Torpor. Se estimular direitinho, vira transe. Entrega.

Então disse-me o dileto interlocutor, que no caso dele era o oposto, que ele entra em estado de alerta, adrenalina, atividade.

Faz todo o sentido…  como tenho constatado com uma frequência inquietante, a gente é bicho.

Ela, entregue, aberta. Ele, ativo, alerta.

Combinação melhor que café com leite e pão com manteiga.

E sem dúvida mais nutritiva.

 

 

Anúncios

Sobre mistakegirl

Vaca profana por princípio e vocação... la leche buena toda em mi garganta, la mala leche para los puretas... Ver todos os artigos de mistakegirl

Uma resposta para “A seta e o alvo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: